ZYJ 737 - 5.000 WATTS - SÃO JOSÉ DO CEDRO - SC
Você está em:
Mudar o tamo da letra A+ A-

FOTOS

16.09.2020 |

Rodovia de acesso a Princesa fica de fora dos editais de investimentos em infraestrutura anunciados pelo Governo do Estado


 

O trajeto de pouco mais de dez quilômetros, entre a BR 163 em São José do Cedro e o município de Princesa, inaugurado em 2008, já apresentou uma série de defeitos.

Há locais em que é constatado afundamento da camada asfáltica, outros em que o pavimento na lateral da via, sem acostamentos, está deteriorando.

Também há locais em que os buracos estão tomando conta da via, por exemplo, próximo à conhecida ‘curva do bigode' em direção à linha Santa Terezinha.

A situação acaba provocando manobras perigosas por parte dos motoristas, que acabam invadindo a pista contrária em curvas, a fim de desviar os buracos.

Nos últimos anos, o poder público municipal de Princesa fez tratativas para buscar investimentos na via em que foram investidos 7,3 milhões de reais há 12 anos, mas não obteve sucesso.

Já foram feitas várias intervenções por parte da iniciativa privada. Grupos de voluntários e empresários se uniram para arrumar os pontos mais críticos usando, por exemplo, concreto para uma operação tapa-buracos.

Em virtude da constatação de uma nova situação precária em determinados pontos da via, o departamento de jornalismo da Rádio Integração fez contato com o coordenador regional da Secretaria de Estado da Infraestrutura, TIAGO KLEIN, que atua em São Miguel do Oeste.

Ele disse que, por enquanto, não há nenhuma previsão específica de investimentos do Estado para a restauração da rodovia de acesso à Princesa.

Segundo o coordenador regional, os editais lançados seguem uma ordem de prioridade traçada pelo Estado a partir de levantamentos feitos pelas autoridades neste ano, conforme o maior índice de pontos críticos.

Por outro lado, TIAGO KLEIN, observa que a Secretaria de Estado da Infraestrutura, após problemas nos contratos de conserva, deve regularizar a situação para que uma empresa volte a fazer as manutenções regulares nas rodovias sob a responsabilidade do Estado.

Hoje, os contratos de manutenção, com recuperação de alguns trechos no bimestre de setembro e outubro, não incluem o acesso a Princesa.


TIAGO KLEIN observa que uma das alternativas para viabilizar investimentos na infraestrutura rodoviária estadual da região seria a adesão ao "Programa Recuperar", uma parceria com os consórcios das associações de municípios.

Contudo, a Ameosc, Associação dos Municípios do Extremo Oeste de Santa Catarina, não aderiu ao programa.

 

Foto: Arquivo/Rádio Integração

Compartilhar

ENQUETE

Qual estilo musical você gostaria de ouvir na Integração?

  • Sertanejo
  • Bandas
  • PopRock
  • Samba/Pagode
  • Romântica
votar resultado

TEMPO



ATENDIMENTO

(49) 3643.0211     



© 2020 - Rádio Integração do Oeste Ltda.              Portal Tri